quarta-feira, 13 de junho de 2007

Aforismos para nenhuma vida

Se houvessem mais diamantes, eles não teriam valor. Se hovessem muitas pessoas em quem confiar, também.



Todo mundo sabe que viver é a parte mais fácil de estar vivo. Mas poucos ousam ser simples.



Falar é justamente o contrário; Pensa-se em falar o que quiser, mas não há nada mais doloroso do que errar com palavras.



Tudo na vida custa alguma coisa; Assistir o sol nascer da varanda a companhia de ótimas memórias é das poucas coisas que todos nascem podendo fazer. E talvez, seja uma das coisas mais precisosas.


A merda da sociedade não é o capitalismo, não é competição; A tudo isso o ser humano pode se adaptar. A merda é não podermos mais nos expressar, por que as pessoas que aparecem nas novelas não falam nem sentem do mesmo jeito que alguns outros. Acredite, ficar sem se expressar é a pior de todas as ditaduras.


Todos assistem a filmes. Alguns se emocionam, gostariam de ter sido personagens daquelas histórias. Ninguém faz o mais simples; Copiar ideias. Faça o favor, meu deus!

Um comentário:

lucas l. disse...

a merda da sociedade é quando a expressão "meu deus" se torna apenas uma expressão, um hábito do falar.

qnd deixa de se escrever Deus com D maiúsculo e escreve com d minúsculo, para evitar a profanação.

mas na linguagem falada não há maiúsculo e minúsculo.

o "meu deus" deixa de ser um pedido, um clamor verdadeiro ao Deus verdadeiro e único.

a merda não é capitalismo que dizem que fez Deus se tornar posse de uma pessoa...e por isso dizem "meu deus".
não.

deve sim, demonstrar intimidade e amizade com alguém gigante em pode e glória...meu Deus!