quinta-feira, 14 de junho de 2007

E a loucura tem a sua vez...

E todo esse ácido percorre o meu corpo. Não me corroí, não me faz mal. Percorre como quem passeia na vida de quem se ama. Uma por uma, cada célula de meu corpo tem contato com a imensidão de sonhos que eu gostaria de ter realizado. Nada em mim. Tudo através.

Se chove lá fora eu nem posso ouvir mais. Talvez nem haja mais "lá fora". Expande-se. Eterniza-se. Em busca de um nada perdido.

Algumas notas tocadas alcançam o que poderia ser o meu ouvido. Por enquanto, está tudo bem ácido ainda. Cores que se contrastam dançam um balé sem graça, uma dança de quem quer fazer os outros se sentirem tontos.

Estado de espírito. Espírito espalhado. Cacos. Muitos deles, por toda a sala, por toda a varanda, por toda a vida. Mas talez eu não me importe, porque ainda é segunda feira, e temos a semana toda. (Ou a semana nos tem?)

Mais ácido. Mais. Porque a vida é do jeito que eu quiser que seja.

Uma praia de água prata, sem nenhum astro nos céus. O reflexo que se tem é o reflexo de um infinito que nunca aconteceria. Três flores, uma azul, uma amarela e uma ardente em chamas rasgam o solo arenoso, e dançam sob o vento que traz notícias de um deserto não muito distante. A música que se ouve é exatamente igual àquelas que mulheres praticam a dança do ventre. Eu caminho. Caminho. A imagem começa a apagar-se.


Mais ácido. Mais. Porque a paisagem será como eu quiser ver.

Um cheiro de realidade me inunda.
Cá estou eu novamente, dentro deste mundo que se limita a ser limitado.
Que seja;
Hoje ainda é segunda feira.

-----------------------------------------------------------

Ouço as vozes dos tantos personagens que já larguei no eterno anonimato de nunca ser escrito.
Que falem, não sou eu o louco que botará travessões. Deixem falar.

-----------------------------------------------------------

"O mundo dos sonhos é tão silencioso quanto o mundo submarino. Por isso é que faz bem sonhar" (Mazinho, querido, antigo, nunca-esquecido)

2 comentários:

Alan disse...

o que há de ser o meu ácido?

lucas l disse...

me fez lembrar do filme A PRAIA - q tem o Leonardo diCaprio.
tá ligado né.