quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Estrela, Amor e contos que não são mais da carochinha

Anne sonhou com três estrelas.

De manhã, ela quis colocá-las todas no céu, mas só tinha espaço para duas.

Anne fez um colar com a terceira estrela.

Foi em um dia de março que Anne começou a namorar com Luís, e uma vez, na casa dele, Luís estava preparando uma sopa de solidão. Anne tirou a estrela do peito, mergulhou na sopa, e fizeram então, uma sopa de estrela.

É essa a coisa boa de se ter alguém;

Mas lembre-se de sempre escolher uma pessoa que tenha, pelo menos, uma estrela, guardada no peito, nos olhos ou em uma caixinha de veludo preto.


------------------

"- Mãe, quero ir pra lua...

- Fazer o que?

- Falar com Deus!

- Deus não está na lua, meu filho.

- Então me dá um brigadeiro?"

Diálogo real, dentro de um ônibus, indo para o centro de São Paulo, às sete horas da manhã.

Um comentário:

lucas l disse...

1- minha estrela já tá no colar.
2- 7h da manhã... mto cedo po!